Rádio Toque de Umbanda

Contador grátis
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Pedir Música

A Umbanda

O que é macumba?
Umbanda é uma religião brasileira formada através de elementos de outras religiões como o catolicismo ou espiritismo juntando ainda elementos da cultura africana e indígena.
A palavra é derivada de “u´mbana”, um termo que significa “curandeiro” na língua banta falada na Angola, o quimbundo. A umbanda tem origem nas senzalas em reuniões onde os escravos vindos da África louvavam os seus deuses através de danças e cânticos e incorporavam espíritos.

O culto umbandista é realizado em templos, terreiros ou Centros apropriados para o encontro dos praticantes onde entoam cânticos e fazem uso de instrumentos musicais como o atabaque. Apesar disso, quando o Umbanda foi criado, não existiam manifestações musicais, como cânticos e utilização de instrumentos.

O culto é presidido por um chefe masculino ou feminino. Durante as sessões são realizadas consultas de apoio e orientação a quem recorre ao terreiro, práticas mediúnicas com incorporações de entidades espirituais e outros rituais.

O culto se assemelha ao candomblé, no entanto, são religiões que possuem práticas distintas.

Ao longo do tempo, a umbanda passou por transformações e foi se demarcando de outras religiões. Também criou ramificações, algumas delas são descritas como: Umbanda Tradicional: criada no Rio de Janeiro pelo jovem Zélio Fernandino de Moraes; Umbandomblé ou Umbanda Traçada: onde um mesmo sacerdote pode realizar sessões distintas de umbanda ou de candomblé;Umbanda Branca: utiliza elementos espíritas, kardecistas e os adeptos usam roupas brancas; Umbanda de Caboclo: forte influência da cultura indígena brasileira.
Macumba é uma espécie de árvore africana e também um instrumento musical utilizado em cerimônias de religiões afro-brasileiras, como o candomblé e a umbanda.

O termo, porém, acabou se tornando uma forma pejorativa de se referir a essas religiões - e, sobretudo, aos despachos feitos por alguns seguidores.

Na árvore genealógica das religiões africanas, macumba é uma forma variante do candomblé que existe só no Rio de Janeiro.

O preconceito foi gerado porque, na primeira metade do século 20, igrejas neopentecostais e alguns outros grupos cristãos consideravam profana a prática dessas religiões.

Com o tempo, quaisquer manifestações dessas religiões passaram a ser tratadas como "macumba".
Curiosidades da Umbanda
O QUE É O PAÓ?
O Paó (pronuncia-se paô) é um gesto que serve como sinal de que é preciso comunicar alguma coisa, mas não se pode falar. Isso ocorre muito no candomblé quando as iniciadas estão no roncó e não podem falar, daí batem com as palmas das mãos tentando dizer algo, se comunicar por algum motivo. É usado também como saudação para Orixá e é diferente de Orixá para Orixá. É uma palavra em yorubá que significa: “pa” = juntar uma coisa com outra; “o” = para cumprimentar. Essa palavra é uma contração de ìpatewó que significa aplauso.
É um preceito do candomblé e normalmente não se usa na Umbanda, é utilizado para pedir permissão para entrar, saudar e pedir licença.
POR QUE ALGUNS GUIAS CUMPRIMENTAM COM BATER DE OMBROS?
Quando um Guia cumprimenta um consulente ou um assistente com o bater de ombro significa que está se colocando em posição de igualdade, querendo transmitir fraternidade e grande amizade.

O QUE SIGNIFICAM AS PALAVRAS SARAVÁ, AGÔ E MALEME?
Saravá é uma saudação dos Umbandistas que significa “salve”, de saudar mesmo. Saravá é um mantra que  dividido apresenta:
SA = FORÇA, SENHOR
RA = REINAR, MOVIMENTO
VA = NATUREZA, ENERGIA
Sendo assim, Saravá é força que movimenta a natureza
AGÔ significa Licença e MALEME é um pedido de socorro, perdão e misericórdia.

O QUE SÃO AS DIFERENTES FORMAS DE BATER COM AS PONTAS DOS DEDOS NO CHÃO?
Bater no chão com os dedos da mão esquerda e depois juntar as mãos cruzando os dedos, com as palmas voltadas para o solo, é saudação aos Senhores Exus; Da mão direita fazendo uma cruz e depois fazendo a cruz no peito é saudação aos Pretos Velhos; Da mão direita e depois tocando a fronte, o lado direito da cabeça e a nuca é saudação aos Orixás e Guias Espirituais; Da mão direita 3 vezes e depois tocando a fronte, o lado direito da cabeça e a nuca é saudação a Obaluayê.



Parcerias

CURIOSIDADES: O Benzimento na Umbanda.
O Benzimento é uma prática muito antiga. Benzer significa tornar Bento ou Santo.  Presente em muitas culturas, o benzimento ganhou força no período da colonização junto aos imigrantes que aqui chegaram.  Vale lembrar que os próprios índios aqui já estabelecidos praticavam seus rituais de cura dentro de um conjunto de orações no seu próprio dialeto.
No quadro dos colonos, tínhamos duas classes predominantes no Benzimento: as parteiras e os benzedeiros.
As parteiras eram as mulheres especializadas em partos e, um bom parto se fazia rezando, enquanto os benzedeiros eram homens que tinham um dom de rezar e benzer, seja com as próprias mãos, seja com um objeto de sua preferência.
O Benzimento atendia as necessidades mais precárias da população onde o acesso a um médico era muito restrito.
O Benzimento se dá no conjunto de rezas, na formulação de garrafadas, seja de proteção ou de dosagem. Existem Benzimentos para proteção de casas, crianças, animais de estimação, plantas, proteção do corpo e de espírito.  O bom Bento, ou seja, aquele que realiza o Benzimento, se torna uma ferramenta prática de auxílio ao próximo e a ele mesmo.
Para um bom Benzimento, não existe hora e nem lugar, não importa o dia e nem a Lua: o que importa é a força que o Bento usa na expressão e aplicação do verbo, pois benzer é fazer um jogo de palavras com poder de ação no etérico, no físico.
O Benzimento se aprende dentro de uma tradição na qual quem sabe e foi preparado ensina quem precisa, independente de crença ou religião. Sendo assim, o Benzimento é livre a qualquer pessoa que queira aprender.

0
 
Home page | Apoiadores | Orixás | Banhos | Ervas | Frutas dos Orixás | Fotos | Fotos 2 | Vídeos | Velas | Entidades ( guias ) | Guias e colares | Passes | Vocabulário | Defumação | Datas Festivas | Notícias | Exu | Pombas Giras | Pontos riscados | Orações | Contato | As sete linhas da Umbanda | Pontos MP3 | Mensagem | Mapa geral do site
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal